Textos Mais Recentes

O Extermínio
do Futuro

30/01/2020

Existe um Imperialismo Oriental?
12 / 2018

VAMPEL II

Matrimonium Lamia Nocts
21/03/2018


inCompetência e Presciência da Vara de Curitiba
16/09/2017

Gladium Volantis
10/08/2017

VAMPEL
Vocationem Lamia Noctis

23/06/2017

ABISMO NEGRO
Um Clássico da FC

02/06/2017

Feminismo "Benevolente" e Feminismo Radical
15/02/2017

Homens e Aborto
09/02/2017

Globalização, Globalismo e Globismo
24/01/2017


2 0 1 6

Feminismo Neo Pentecostal 01/11/2016

O Feminismo Desvirtuando as Instituições
22/09/2016

Os Titereiros do Capital e suas Marionetes de Esquerda
24/08/2016

A Guerra Contra a Reprodução
03/08/2016

A Família em Desconstrução Linguística
22/07/2016

Muita Sandice numa Burrice Só
18/07/2016

As Águas Sujas da Privatização
30/06/2016

Do Pré-Sal ao Impeachment
O Maravilhoso Mundo das Coincidências Fabulosas

28/06/2016

OBLIVION
Obra-Prima da FC

18/06/2016

O Estupro Coletivo da Consciência Social
14/06/2016

Os 300 da Suécia
26/05/2016

À Espera de
Um Milagre
(econômico)

21/05/2016
2 0 1 5

5 Bobagens Planetárias da FC 26/11/2015

Sensual Kombat
08/11/2015

TELLUS
X
THALASSA

15/07/2015

QUARTO Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
28/06/2015

A Verdade Sobre Margareth Sanger
Ela NÃO Era Abortista!

28/06/2015

A Dignidade Humana Entre A Esquerda e A Direita
19/06/2015

Pode o Feminismo Não Ser Misândrico?
09/06/2015

Mad Max
Fury Feminist?

28/05/2015

Batalhas Espaciais II
26/04/2015

ABORTISMO
05/03/2015

Aborto à Francesa
05/03/2015

A Queda da Lua
23/02/2015


2 0 1 4

3o Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
21/12/2014

Invertendo a Igualdade
18/12/2014

Desleitura Feminista em Christine de Pizan
01/12/2014

ESTUPRISMO
18/11/2014

Disputa Semântica
18/11/2014

Por que VEJA odeia o PT?
06/11/2014

Estuprando Números
11/09/2014

rePensando o Feminismo
19/08/2014

GRIDVENCE
15/07/2014

A Fundação do Feminismo
25/06/2014

5.000% de Paranóia
10/05/2014

Pensando nELA
25/04/2014

Atacando uma Ficção
20/04/2014

Estuprando a Justiça
03/03/2014

Entendendo a MISANDRIA
18/02/2014

Heroísmo: O Outro Lado da Masculinidade
18/02/2014

Em Defesa do Patriarcado
03/02/2014


2 0 1 3

Hipótese Benevolente à Cruzada Anti-Reprodutiva
31/12/2013

A Cultura do ESTUPRO
28/11/2013

O Estupro da CULTURA
28/11/2013

Expressar ou Doutrinar?
26/09/2013

Traindo o Movimento
27/08/2013

Filosofia, Ideologia e Militância
26/08/2013

Infeliciana Homofobia
17/08/2013

As Ovelhas e os Memes
13/08/2013

Complexo de Paraíso Perdido
06/08/2013

Financiamento Público de Campanha
12/07/2013

Cavalheirismo é Sexismo?
10/07/2013

'DeZrazões' Para Liberar as Drogas
11/05/2013

Meta-Teoria da Conspiração
11/05/2013

O Fantasma de CHE
11/05/2013

Revolução Digital
11/05/2013

VEJA - Um Tiro na Cabeça
11/05/2013

Da ESQUERDA para TRÁS
02/04/2013

A Cara do BRASIL
15/03/2013

HIPERGAMIA - Fundamentação
02/02/2013


2 0 1 2

GenoGênese
21/12/2012

Simbolismo do Aborto
16/11/2012

O Argumento Decisivo
16/11/2012

Aborto Repensado
16/11/2012

Em Defesa do Estado
03/10/2012

Reflexões Mentalistas - Virtualidade Real
30/09/2012

2o Esboço de uma Filosofia do CAOS
04/07/2012

Hipergamia 2.5 Adendo - 1 Ídolos
03/07/2012

O Escudo do Capitão América
13/06/2012

MARX X Marxismo
01/06/2012

Da ESQUERDA para BAIXO
13/05/2012

GINOTOPIA - Hipergamia V
03/05/2012

Lesbianismo
03/05/2012

Estado X Indivíduo
04/03/2012

Das Indestrutíveis Idéias
04/03/2012

A Revolta dos Titãs
09/02/2012

1o Esboço de uma Filosofia do CAOS
30/01/2012

Hora, Data, Temperatura
26/01/2012

Ateísmo e Relativismo
21/01/2012


2 0 1 1

Religião Musical
26/11/2011

Calendários Alternativos
22/11/2011

Vôos, e Quedas, Ideológicos
10/11/2011

Horário de Verão no Brasil
07/11/2011

Hipergamia
Introdução

27/09/2011

Hipergamia IV
Atração Sublimada

27/09/2011

Hipergamia III
Atração Social

19/09/2011

Hipergamia II
Atração Imoral

11/09/2011

Hipergamia I
Atração Fatal

08/09/2011

Pornografia e Machismo
25/08/2011

Viagens Espaciais
18/06/2011

Teletransporte
18/06/2011

Viagem no Tempo e Paradoxo Temporal (Finalizado)
14/06/2011

Heróis de ESQUERDA X Heróis de DIREITA
10/03/2011

ZUMBIS à Esquerda, VAMPIROS à Direita
10/03/2011

RY-5
10/03/2011

Crônica de GRADIVIND
26/11/2011

Eu Sou A Lenda
25/11/2011

Histórico de Textos Publicados
2 0 2 0
8 de Agosto

Se selecionássemos 100 pessoas em todo o mundo rigorosamente proporcionais ao total, teríamos:
18 chineses
18 indianos
4 estadunidenses
4 indonenses
3 paquistaneses
3 brasileiros

E só aí já seria 50% do total. E mais:
3 nigerianos
2 bangladenses
2 russos
2 mexicanos
2 japoneses
1 etíope
1 filipino
1 egípcio
1 vietnamita
1 congolês
1 turco
1 Iraniano
1 alemão
1 tailandês

E teríamos 70%. Daí pra frente fica cada vez mais necessário arredondar, de modo que seria possível variar um pouco os resultados, mas aproximadamente, privilegiando a melhor representação de países, os demais 30% seriam:
1 inglês
1 francês
1 italiano
1 tanzaniano
1 sul africano
1 miamarense
1 keniano
1 sul coreano
1 colombiano
1 espanhol
1 ugandense
1 argentino
1 algeriano
1 sudanês
1 ucraniano
1 iraquiano
1 afeganistanês
1 polonês
1 canadense
1 marroquino
1 árabe saudita
1 usbequistanense
1 peruano
1 angolês
1 malasiano
1 moçambicano
1 ganense
1 yemenense
1 nepalense

Lembrando que só chineses e indianos são 36% da população mundial, e que somando Brasil, EUA, Indonésia e Paquistão temos mais 10%.

Lembrando que não haveria ninguém de países de menos de 27 milhões de habitantes. Nenhum escandinavo, por exemplo. Por isso talvez fosse mais interessante fazer um recorte continental ignorando a maior parte das fronteiras nacionais próximas, o que talvez diminuísse a sobre representação da África. Ainda assim, teríamos, no máximo, 1 escandinavo.

6 de Agosto

Xeque Mate em dois lances: primeiro as pretas respondem que sim, há essas diferenças válidas de perspectiva, mas que o que importa é a vivência de opressão dos desfavorecidos, e só isso interessa para solucionar certos problemas de um modo que só eles poderiam fazer. E em seguida, as brancas respondem que é justo por ver coisas que as pretas não vêem que sabe que esses problemas não podem ser solucionados dessa forma, assim como de fato, nunca o são, e por isso mesmo os brancos estão em vantagem há milênios e continuarão estando.

A única forma de sair dessa é jogar fora essas premissas de que somente determinados grupos tem lugar de fala, porque se nem sequer num debate eles conseguem ganhar, que dirá na muitíssimo mais complexa realidade.

E assim temos uma elite branca bilionária especialista em engenharia social produzindo clipes da Beyonce cheios de esteriótipos imbecilizantes para um bando de panacas acreditarem que se trata da fala de uma mulher negra.

E até mesmo esse conceito de lugar de fala e todas essa paranoias boçais que instrumentalizam o movimento negro e o Feminismo são criações de manipuladores brancos que veem que se tais movimentos fossem iniciativas realmente autônomas, como o foram os Panteras Negras ou o Movimento Temperança, seriam sim perigosos, por isso mesmo os sequestram e os controlam sob seus próprios termos.

Uriel Araujo
6 de Agosto

Um branco, por ser branco, não consegue perceber algumas coisas que um negro, com sua experiência de ser negro, consegue. Da mesma forma, o mesmo vale para um homem em relação a uma mulher.

Isso significa que, analogamente, também existem coisas que um branco consegue ver e um negro, não? Ou ainda que existem coisas que um homem consegue perceber, mas uma mulher, não?

Trata-se, afinal, de diferenças de perspectiva?... Ou ser branco e homem é apenas uma espécie de deficiência epistêmica?


5 de Agosto - 18:25

E sem contar que os serviço da CEB é incomensuravelmente melhor que o da ENEL, que quase arruinou a indústria goiana com tanta falta de energia que está ameaçada de reestatização.

Emanuel Costa
5 de Agosto

O PREÇO DA PRIVATIZAÇÃO!!!! Galera tenho duas contas de luz em meu nome uma no DF da CEB e outra no Goiás ENEL , olha o absurdo que chega o mesmo serviço com preços bem diferentes, em ambas gastei 110 kWh, onde o SITEMA é privado do Goiás diferença é 80 porcento maior que a conta do DF um absurdo isso !! 105 REAIS SISTEMA PRIVADO ENEL e 65 REAIS PUBLICO CEB




5 de Agosto - 13:04

PREVISÃO: Se a China ou a Rússia forem os primeiros a apresentar uma vacina eficiente contra a COVID-19 e liderarem a imunização mundial, os EUA dirão que isso é "prova" de que a China desenvolveu o vírus, e aumentarão ainda mais as acusações e tensões, especialmente contra o 5G. A corja bolsonarista, claro, está prontinha para obedecer seus cafetões boreais.

4 de Agosto

Em 2007 a Bolívia fez aquilo que o Brasil fez em 1953, e que todo país que se preze em condição similar vem fazendo desde 1951. Nacionalizou suas reservas de petróleo e assim a cadeia produtiva, o que atingiu duas refinarias da Petrobrás. E como aconteceu em TODOS os casos, sem exceção, o Brasil foi indenizado, no caso com U$ 112 milhões além de algumas vantagens em relações comerciais que perduram até hoje.

Mês passado, o Governo Bolsonaro venDEU três plataformas de petróleo por UM CENTÉSIMO desse valor. Isso mesmo, por 100 VEZES MENOS, Bolsonaro entregou não uma nem duas, mas três plataformas de extração, por R$ 7 milhões. Sendo que plataformas valem muitíssimo mais que refinarias, que podem até não valer nada. (Ao menos é o que dizem sobre Pasadena.)

Para se ter uma ideia, em 2019, logo antes de serem desativadas pelo "programa nacional de sucateamento e pilhagem do patrimônio público", essas plataformas produziam cerca de 25 mil barris de petróleo por dia! Sabe o quando isso dá? MAIS DE R$ 5 MILHÕES! POR DIA! E não adianta dizer que estavam tecnicamente inviabilizadas. Plataformas de petróleo tem vida útil indefinida a depender de reformas, e no caso eram flutuantes ou semi flutuantes, podendo ser movidas para poços diferentes. E mesmo que não, no processo de desmonte de plataformas, um negócio bilionário, a venda das peças costuma dar muitíssimo mais do que esse valor pífio arrecadado. (Essa reportagem de 2018 dá uma boa ideia das questões envolvidas: Lixo ao mar: o vale-tudo do bilionário mercado de desmonte de plataformas de extração de petróleo)

Só para desmontá-las completamente saí muitíssimo mais caro, razão pelo qual o feliz beneficiário da pechincha não irá fazê-lo arcando com mil e uma regulações ambientais (que ainda existem apesar dos esforços de Ricardo "SALES" ('sale' em inglês) em destruí-las, sendo muitíssimo mais lucrativo revendê-las.

Agora, o ponto de sempre. Até hoje a corja fala que Lula deu de graça as refinarias da Petrobrás para a Bolívia, mas obviamente nada irá objetar a essa "caridade" feita para um comprador desconhecido, do público, porque deve ser bem conhecido da quadrilha que ocupa o Planalto.

Depois ainda acham ruim quando sou benevolente dizendo que "Bolsonarismo é Doença Mental", para não ter que dizer que é canalhice pérfida e abjeta.

1 de Agosto - 21:34

Quem presta atenção no que posto deve saber que evito falar em temas que estejam muito na moda. Mas sobre um dos casos do momento, digo:

THAMMY MIRANDA é, no mínimo, simpática a Bolsonaro. Já se filiou e quase ganhou eleição pelo PP, partido onde ele estava quando começou a ficar conhecido. Num programa do Fábio Porchat, preferiu ficar neutra ao se dizer mais alinhada a ele ou a Jean Wyllys (tudo bem que eu faria o mesmo), deixou claro que não queria participar do EleNão e recomendou outros a fazer o mesmo. APOIOU A REFORMA DA PREVIDÊNCIA E APOIA SÉRGIO MORO e a Lava Jato!

NATURA é uma multinacional que vale uns 6 ou 7 bilhões de dólares e faz, há meio século, aquilo que o UBER passou a fazer há uma década: lucrar sobre um batalhão de "colaboradoras" que atuam de forma autônoma sem nenhum tipo de vínculo trabalhista. Nem faço julgamento de valor aqui, mas as pessoas a quem estou direcionando essa crítica fazem.

E bastou uma única celebração da transsexualidade feita pela junção dessas duas figuras, com a NATURA tendo uma alta de mais de 6% no Ibovespa, para uma legião de esquerdistas esquecer tudo isso, e tudo o mais que importa, e ter rompantes de alegria e entusiasmo. Boticário já faz o mesmo, e na época ainda recebeu o apoio oficial assinado de 379 megacorporações internacionais.

O que apenas nos lembra por que, num conflito visto pela amplitude histórica ocidental, o Capitalismo é o vencedor absoluto e definitivo sobre qualquer esperança socialista, que dirá comunista, que a esquerda ainda nutra. Cuba continuará uma ilha isolada, enquanto a derrota dos que fingem que a apoiam é absoluta! Pois basta as Mega corporações bilionárias acenarem com algum agrado gay, trans, feminista etc, para que a totalidade das pautas econômicas e sócio estruturais sejam esquecidas e todxs dancem alegremente na ciranda progressista que essas mesma megacorps criaram.

A "procedência" da comparação entra a Natura e o Uber (...) nada tem a ver com a natureza do produto ou serviço prestado por tais empresas, e sim com a relação de trabalho. Em ambos os casos, temos pessoas que efetivamente trabalham para a empresa, sendo remunerados, e que são afinal imprescindíveis para a existência e sucesso da mesma, e no entanto, não possuem vínculo empregatício algum e por conseguinte não tem direito a qualquer tipo de seguridade mesmo que se dediquem incansavelmente a elas. (...) existem ações trabalhistas similares contra ambas as corporações.

Repito que pessoalmente eu não estou fazendo um julgamento de valor direto quanto a essa relação trabalhista em si, que em nada me preocuparia num contexto sócio econômico melhor, mas faço um julgamento contextual que as aproxima ainda mais, que é o fato de que tal relação só é atraente num contexto de precarização do trabalho, e por isso mesmo interessa à ambas essas transnacionais a reforma trabalhista, a da previdência e tributária nos termos liberais que visam evidentemente piorar ainda mais as condições sócio econômicas para a imensa maioria trabalhadora para que estes grande capitalistas possam lucrar ainda mais.

Não nego a diferença entre elas e no geral também acho, hoje, a Natura menos exploratória que o Uber. Mas quando começou aqui no Brasil, num contexto econômico ainda razoável, o Uber até pagava bem, mas a deterioração econômica cada vez mais agravada piorou enormemente as condições dos motoristas de aplicativos, e também de consultores cosméticos.

1 de Agosto - 20:38


Julho de 2020











































2020

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2019

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2018

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2017

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2016

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2015

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2014

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2013

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Março à Junho

Fevereiro

Janeiro

2012

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2011

Novembro e Dezembro

Setembro e Outubro

Julho e Agosto

Abril a Junho

Março

Fevereiro

Janeiro

2010

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Janeiro a Março

2009

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Março e Abril

Fevereiro

Janeiro

2008

Novembro e Dezembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Janeiro e Fevereiro

2007

Dezembro

Novembro

Setembro e Outubro

Julho e Agosto

Maio e Junho

Março e Abril

Janeiro e Fevereiro

2006

Outubro, Novembro e Dezembro

Setembro

Agosto

Julho

Maio e Junho

Abril

Março

Janeiro e Fevereiro

2005

Novembro e Dezembro

Setembro e Outubro

Junho a Agosto

Maio

Março e Abril

Fevereiro

Janeiro

2004

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto