Textos Mais Recentes

O Extermínio
do Futuro

30/01/2020

Existe um Imperialismo Oriental?
12 / 2018

VAMPEL II

Matrimonium Lamia Nocts
21/03/2018


inCompetência e Presciência da Vara de Curitiba
16/09/2017

Gladium Volantis
10/08/2017

VAMPEL
Vocationem Lamia Noctis

23/06/2017

ABISMO NEGRO
Um Clássico da FC

02/06/2017

Feminismo "Benevolente" e Feminismo Radical
15/02/2017

Homens e Aborto
09/02/2017

Globalização, Globalismo e Globismo
24/01/2017


2 0 1 6

Feminismo Neo Pentecostal 01/11/2016

O Feminismo Desvirtuando as Instituições
22/09/2016

Os Titereiros do Capital e suas Marionetes de Esquerda
24/08/2016

A Guerra Contra a Reprodução
03/08/2016

A Família em Desconstrução Linguística
22/07/2016

Muita Sandice numa Burrice Só
18/07/2016

As Águas Sujas da Privatização
30/06/2016

Do Pré-Sal ao Impeachment
O Maravilhoso Mundo das Coincidências Fabulosas

28/06/2016

OBLIVION
Obra-Prima da FC

18/06/2016

O Estupro Coletivo da Consciência Social
14/06/2016

Os 300 da Suécia
26/05/2016

À Espera de
Um Milagre
(econômico)

21/05/2016
2 0 1 5

5 Bobagens Planetárias da FC 26/11/2015

Sensual Kombat
08/11/2015

TELLUS
X
THALASSA

15/07/2015

QUARTO Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
28/06/2015

A Verdade Sobre Margareth Sanger
Ela NÃO Era Abortista!

28/06/2015

A Dignidade Humana Entre A Esquerda e A Direita
19/06/2015

Pode o Feminismo Não Ser Misândrico?
09/06/2015

Mad Max
Fury Feminist?

28/05/2015

Batalhas Espaciais II
26/04/2015

ABORTISMO
05/03/2015

Aborto à Francesa
05/03/2015

A Queda da Lua
23/02/2015


2 0 1 4

3o Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
21/12/2014

Invertendo a Igualdade
18/12/2014

Desleitura Feminista em Christine de Pizan
01/12/2014

ESTUPRISMO
18/11/2014

Disputa Semântica
18/11/2014

Por que VEJA odeia o PT?
06/11/2014

Estuprando Números
11/09/2014

rePensando o Feminismo
19/08/2014

GRIDVENCE
15/07/2014

A Fundação do Feminismo
25/06/2014

5.000% de Paranóia
10/05/2014

Pensando nELA
25/04/2014

Atacando uma Ficção
20/04/2014

Estuprando a Justiça
03/03/2014

Entendendo a MISANDRIA
18/02/2014

Heroísmo: O Outro Lado da Masculinidade
18/02/2014

Em Defesa do Patriarcado
03/02/2014


2 0 1 3

Hipótese Benevolente à Cruzada Anti-Reprodutiva
31/12/2013

A Cultura do ESTUPRO
28/11/2013

O Estupro da CULTURA
28/11/2013

Expressar ou Doutrinar?
26/09/2013

Traindo o Movimento
27/08/2013

Filosofia, Ideologia e Militância
26/08/2013

Infeliciana Homofobia
17/08/2013

As Ovelhas e os Memes
13/08/2013

Complexo de Paraíso Perdido
06/08/2013

Financiamento Público de Campanha
12/07/2013

Cavalheirismo é Sexismo?
10/07/2013

'DeZrazões' Para Liberar as Drogas
11/05/2013

Meta-Teoria da Conspiração
11/05/2013

O Fantasma de CHE
11/05/2013

Revolução Digital
11/05/2013

VEJA - Um Tiro na Cabeça
11/05/2013

Da ESQUERDA para TRÁS
02/04/2013

A Cara do BRASIL
15/03/2013

HIPERGAMIA - Fundamentação
02/02/2013


2 0 1 2

GenoGênese
21/12/2012

Simbolismo do Aborto
16/11/2012

O Argumento Decisivo
16/11/2012

Aborto Repensado
16/11/2012

Em Defesa do Estado
03/10/2012

Reflexões Mentalistas - Virtualidade Real
30/09/2012

2o Esboço de uma Filosofia do CAOS
04/07/2012

Hipergamia 2.5 Adendo - 1 Ídolos
03/07/2012

O Escudo do Capitão América
13/06/2012

MARX X Marxismo
01/06/2012

Da ESQUERDA para BAIXO
13/05/2012

GINOTOPIA - Hipergamia V
03/05/2012

Lesbianismo
03/05/2012

Estado X Indivíduo
04/03/2012

Das Indestrutíveis Idéias
04/03/2012

A Revolta dos Titãs
09/02/2012

1o Esboço de uma Filosofia do CAOS
30/01/2012

Hora, Data, Temperatura
26/01/2012

Ateísmo e Relativismo
21/01/2012


2 0 1 1

Religião Musical
26/11/2011

Calendários Alternativos
22/11/2011

Vôos, e Quedas, Ideológicos
10/11/2011

Horário de Verão no Brasil
07/11/2011

Hipergamia
Introdução

27/09/2011

Hipergamia IV
Atração Sublimada

27/09/2011

Hipergamia III
Atração Social

19/09/2011

Hipergamia II
Atração Imoral

11/09/2011

Hipergamia I
Atração Fatal

08/09/2011

Pornografia e Machismo
25/08/2011

Viagens Espaciais
18/06/2011

Teletransporte
18/06/2011

Viagem no Tempo e Paradoxo Temporal (Finalizado)
14/06/2011

Heróis de ESQUERDA X Heróis de DIREITA
10/03/2011

ZUMBIS à Esquerda, VAMPIROS à Direita
10/03/2011

RY-5
10/03/2011

Crônica de GRADIVIND
26/11/2011

Eu Sou A Lenda
25/11/2011

Histórico de Textos Publicados
2 0 2 0
29 de Novembro

Tenho diminuído minha participação no Facebook e aumentando no "SrTubo", aquele que não pode ser nomeado sob risco das I.A.s que temos aqui restringirem a visualização do post.

Mas basta pesquisar "Marcus Valerio XR e "seutubo"" que meu canal será a primeira coisa a aparecer. Por menos que eu goste da ideia de minimizar a produção textual em prol da audiovisual, fato é que a privatização da internet forçou a um abandono da web livre, onde está meu site principal, o XR.PRO.BR, no ar há 20 anos, que em conjunto com o EVO.BIO.BR já foram dos mais acessados do Brasil nos assuntos que exploram, e hoje se encontram às moscas. (Não! Eu não irei abandoná-los!)

E o "vocêtubo", embora tenha suas restrições também, tem sido incomensuravelmente mais livre que o "Livro da Face". Acabo de consolidar 500 inscritos, considerando os 5% a mais de margem de segurança que tornam improvável que eu caia para menos de 500 novamente.

Começarei a partir de agora e backupear todos os meus vídeos no meu site, por medida de segurança. Mas de qualquer modo, SE INSCREVAM LÁ! Embora eu nunca tenha sofrido qualquer punição aqui no Face, fato é que minhas opiniões nunca foram das mais amigáveis à plataforma, e se um dia eu sofrer qualquer punição EU SIMPLESMENTE NÃO VOLTO! (Fico de mal mesmo!) Manterei só páginas onde participo de forma indireta.

25 de Novembro

Em tempos da excelente série da Netflix, O Gambito da Rainha (que deveria ser DAMA), temos boa oportunidade de lembrar esta que é uma das mais flagrantes questões relativas a diferenças de aptidões cerebrais entre os sexos. De um lado, temos esse breve artigo onde o autor basicamente refuta a comum alegação de que o fato da imensa maioria dos grandes enxadristas serem homens possa ser explicada pelo simples fato de também serem a grande maioria dos jogadores, demonstrando que quanto mais aumenta a proporção de mulheres, também mais aumenta a diferença média de desempenho. Explaining Male Predominance In Chess

Vale lembrar que dentre os mais de mil grandes mestres enxadristas mundiais [ jogadores com desempenho certificado pela FIDE (Federação Internacional de Xadrez) ], apenas 37 são mulheres, e somente uma delas, a húngara Judit Polgar, chegou a adentrar o Top 10, em 8° lugar. Curiosamente, ela possui duas irmãs: Sofia Polgar e Susan Polgar, que também são grandes enxadristas, Susan também estando nesta restrita lista de Grandes Mestras. List of Female Chess Players

E mais! Outras duas mulheres desta lista também são irmãs! As ucranianas Anna e Mariya Muzychuk.

Seria esta uma evidência da influência genética?

Ocorre que todas receberam educação dos mesmo pais, enxadristas, que as incentivaram a dominar a arte do xadrez. O pai e a mãe das irmãs Muzychuk são ambos professores e treinadores de xadrez, Anna Muzychuk Career e o pai das três irmãs Húngaras (Sofia, apesar de não ser Grande Mestre, é Mestre Internacional, o segundo nível abaixo de GM) fez com elas, deliberadamente, uma experiência comportamental, promovendo toda a sua educação tendo o Xadrez como elemento principal! Ele disse claramente que gênios não são 'nascidos', e sim 'feitos'. Susan Polgar Chess Career

Por fim, depois da China, que possui 7 representantes nessa restrita lista, segue a Georgia, ex integrante da URSS, que apesar de ter apenas 4 milhões de habitantes, tem 5 representantes justamente por possuir um fortíssimo incentivo cultural, inclusive estatalmente embasado, para a prática de Xadrez, como a maioria dos ex integrantes da União Soviética.

Como quase sempre, a dimensão biológica e cultural se confundem, e se não é cabível falar numa postura ativa e discriminatória que impede mulheres de jogarem tão bem quanto homens, também não se pode ignorar as influências ambientais, interpessoais, familiares, sociais etc. É difícil crer que caso fosse possível promover o mesmíssimo estímulo a meninos e meninas à prática do Xadrez, a diferença de desempenho desapareceria, mas certamente diminuiria. A amostragem interna de cada país, mesmo nos níveis educacionais, sugere isso.

Voltando à série, sim, é perfeitamente possível que uma mulher se torne a maior jogadora de Xadrez do mundo, e nesse sentido, nada há de absurdo em O Gambito da Rainha. Só é extremamente improvável, pois na realidade, mais ou menos no tempo correspondente ao da série, foi o norte americano Bobby Fischer que se tornou o melhor jogador dos EUA e finalmente conseguiu derrotar um soviético, em 1972, interrompendo 24 anos de soberania por 5 campeões da URSS. Aliás, tudo indica que Beth Harmon é uma versão feminina, e mais simpática, de Fischer, devido a várias convergências entre o personagem real e a fictícia. The Queen's Gambit Beth Bobby Fischer

Após Fischer, porém, os soviéticos, e posteriormente a Rússia, recuperariam a hegemonia por mais 25 anos até a vitória de um indiano. Vale lembrar que provavelmente o Xadrez, mais ou menos como o conhecemos hoje, tenha surgido na Índia. A lista de campeões pode ser vista aqui List of World Chess Champions

Mas ainda mais interessante que a questão de gênero, é a questão étnica, onde fica bem mais claro a influência ambiental na produção de grandes jogadores. Mas isso deixarei para um próximo post.

21 de Novembro

Terceirize segurança, precarize trabalho, estresse o povo. Deu merda? Foi o racismo!

...creio ser bem claro que a narrativa instantânea de ser um caso de racismo, muito antes de qualquer investigação do fato, já ocultou por completo o problema profundo e antigo da precarização dos serviços de vigilância, e da terceirização em geral, que são responsáveis diretos por profissionais mal preparados, frustrados e estressados.

O Carrefour, como a grande maioria, se não todas, as mega corporações, na infinita ânsia de maximização de lucros, corta custos de todas as formas possíveis que a legislação permita, e não permitindo, se une ao lobby de alteração da legislação. Não é de hoje que em tido problemas sérios com segurança e conduta, como aquela de ocultar o corpo do cliente que faleceu no estabelecimento para não interromper as vendas.

Enfim, toda a realidade muito mais profunda e severa da exploração do trabalho pelas megacorps é fabulosamente ocultada pela narrativa racialista financiada por essas mesmas megacorps.


Detalhando ainda mais o assunto, em vídeo recente vimos que que estava prestes a sair do estabelecimento João Alberto agrediu um dos seguranças. Nesse caso, o papel da segurança é imobilizar o agressor e chamar a polícia. Mas eles não conseguiram fazer isso! Não se neutraliza um agressor com socos na cara! De certo que se tratava de um homem forte, mas os seguranças deveriam ter capacidade física, preparo técnico e equipamento para executar a função.

Mas não tinham spray de pimenta, Taser, bastões ou algemas, e não dominavam quaisquer técnicas marciais de forma eficiente para neutralizar o agressor, e aí, incapazes de contê-lo por meios não letais, terminaram recorrendo a força letal.

UM FATO CRUCIAL, que na verdade é totalmente óbvio, mas praticamente ignorado pela maioria: quanto maior a disparidade de força entre duas partes, mais fácil é para a parte mais forte neutralizar a mais fraca sem machucá-la.

A morte do agressor, que acabou convertido em vítima pela pela desproporcionalidade da reação, derivou exclusivamente da incompetência dos seguranças, mal treinados, mas qualificados e mal remunerados graças à precarização das condições de trabalho. ISSO FOI O QUE LEVOU À TRAGÉDIA, E NÃO RACISMO!

E agora, o CEO do Carrefour vem à público e que ele fala? Em melhorar condições de trabalho? Em qualificar a segurança para que o estabelecimento se torna mais seguro tanto para seus funcionários quanto para os clientes, e até mesmo para algum agressor ocasional que poderia ser neutralizado sem sequelas?

Não! Ele fala em mais cotas para negros! Em racismo, em privilégio do homem branco etc! Tudo o que jamais irá resolver o problema, pois as questões trabalhistas podem ser muitíssimo mais facilmente solucionadas do que os preconceitos e tensões sociais, culturais e raciais.

O Carrefour poderá continuar explorando mão de obra à vontade, quem sabe aumentará o contingente de seguranças negros para quando matarem alguém não incomode tanto a militância racialista. E a esquerda falida, demente e corrompida nada irá fazer para cobrar a atitude correta da mega corporação.


Mas o modo como Alan Rouge e Marina Aniram colocaram a questão, além de sair do escopo que do post que espero ter deixado definitivamente claro acima, termina sendo auto refutatório, visto evidenciaram a questão de classe ao dizer ["os caras sabiam que estavam lidando com um negro e POBRE, SEM PODER de reação e SEM INFLUÊNCIA, como tantos outros."] bem como ["ali houve duas pessoas que se sentiram culturalmente, ideologicamente, autorizadas a assassinar um homem, POR SER POBRE e negro. As mesmas pessoas, mas mesmíssimas circunstâncias, NÃO FARIAM ISSO COM UM HOMEM BRACO QUE aparentasse ter estudo e alguma posição social."] (Grifos meus!)

Deixando claro que EU NÃO ESTOU DIZENDO QUE FOI ISSO, mas por esse raciocínio levantado pelos amigos, é auto evidente que o fator mais determinante foi a condição sócio econômica, 'classe', e não a raça, pois seguramente não o fariam com um homem negro que soubessem ser alguém rico ou poderoso, bem como não vejo qualquer motivo pelo qual não o fariam com um homem branco que também fosse considerado pobre, desprovido de poder ou influência.

O fato é que a condição de classe, ou melhor dizendo, a sócio-cultural, precede a de raça, sendo, aliás, o fundamento primário do próprio racismo, pois este jamais se baseou na mera "cor da pele", mas na identificação com um determinado segmento social e cultural.

Falsificar esse fato básico, eliminando a percepção primordial da condição sócio econômica pela mera aparência fenotípica, foi o projeto nefasto que o racialismo importado dos EUA especialmente pela Fundação Ford, investiu milhões de dólares e conseguiu executar com sucesso no Brasil. (O que publiquei neste post é só a ponta do iceberg.)

Agora, temos uma esquerda absolutamente incapaz de apreender o básico da estrutura econômica da sociedade, e completamente disposta a se lançar de cabeça em pautas ditadas pelos próprios grandes capitalistas, incapazes de solucionar o que quer que seja.

Por isso eu disse que já era. A vitória do Grande Capital no Ocidente é completa. Daqui pra frente só o que resta ao que um dia sonharam com o socialismo, é o capitalismo com representatividade.


Por fim, para aqueles que quiserem examinar minha argumentação sobre o tamanho do abismo cognitivo que se tornou o racialismo, fiz uma série de cautelosos vídeos sobre o assunto disponíveis em RACISMO & ETNOCENTRISMO.

20 de Novembro

O que é pior?
a) Ciclones;
b) Furacões;
c) Terremotos;
d) Tsunamis;
E) ASSISTIR GEOSTORM (2017)!

13 de Novembro

Tenho visto muita gente boa, que se considera de esquerda ou não, finalmente apontando o estrago que aquilo que chamam de "identitarismo" tem causado no progressismo. Tanto nos EUA, onde o assunto já envolve abaixo assinados com centenas de intelectuais tidos como de esquerda, de peso e renome internacional, quanto no Brasil, com cada vez mais frequente preocupação com fatos como:

- O afastamento da esquerda de suas bases populares, que religiosas, conservadoras e mais preocupadas com questões materiais, se sentem apartadas de discussões de múltiplos gêneros, interseccionalidade, ou mesmo repudiam pautas como liberação de drogas ou aborto;

- A crescente desunião e conflitos internos, onde lideranças de base são atacadas por não compartilharem de visões acadêmicas duvidosas e importadas dos EUA ou Europa;

- A interferência de grandes financistas transnacionais bilionários nas pautas identitárias;

- Ou a evidente convergência de tais pautas com interesses de megacorporações e bancos que deveriam ser o lado oposto dos trabalhadores na luta de classes.

Com isso tudo, independente de concordarem com tais pautas ou não, é crescente a preocupação com o tema, no sentido de reencaminhar os movimentos progressistas no sentido econômico e reaproximá-los das bases, a fim de evitar desgraças como a eleição de Bolsonaro ou o avanço do neoliberalismo dentro dos próprios governos de esquerda.

O que nenhum deles percebe, porém, é que no que se refere a Europa, a maior parte das américas e praticamente tudo o que chamamos de Ocidente, JÁ É TARDE DEMAIS! A fase da prevenção morreu nos 60/70, do diagnóstico precoce nos 80/90, do tratamento "quimioterápico" pesado e cheio de efeitos colaterais, mas ainda com chances, se foi no começo dos 2000. Agora, só resta a fase terminal da metástase.

Eu próprio, admito, só me dei conta disso quando já era tarde demais, ainda na virada de 2012/2013.

No que se refere a uma frente ampla e razoavelmente unificada de esquerda que efetivamente tivesse um projeto em prol dos trabalhadores e em oposição ao grande Capital, a derrota já está consumada. O destino infalível do Brasil agora é seguir os EUA, com duas grandes frentes farsescas que fingem uma defender os interesses econômicos do povo, a esquerda liberal democrática, e outra defender os interesses culturais do mesmo povo, a direita liberal republicana, mas ambas trabalhando para o mesmíssimo Capital Financeiro.

Provavelmente, teremos aqui um amálgama tucano, novista, globista fazendo o papel liberal econômico dos "vermelhos" dos EUA (onde até as cores são trocadas), e um psolista, petista, pcdebista fazendo papel liberal cultural dos "azuis". Ao passo que as vias alternativas, se ainda relevantes por enquanto, tenderão a ir desaparecendo aos poucos até serem reduzidas à absoluta insignificância que se vê nos demais partidos fora da dicotomia Democrata - Republicana.

Entendam que esse projeto não é de hoje! Ele foi idealizado na década de 60, criteriosamente executado com precisão e maestria pérfida, tendo sido 1968, na Europa, uma espécie de grande festa de lançamento, e desde então foi se infiltrando ardilosamente até o resultado final e irreversível que temos agora. Algo análogo aconteceu com o conservadorismo, mas bem antes, trocando sua preocupação original de defender as tradições e moral populares pela defesa do livre mercado, resultando hoje no grotesco neoconservadorismo, ou neodireita.

Hoje temos a neoesquerda, neoprogressismo, cadáveres ambulantes, zumbis do que um dia foram os movimentos populares e intelectuais que ao menos sabiam a diferença entre interesse da maioria popular brasileira e afetação pequeno burguesa europeia.

O que sobra de frente de resistência ficará em sindicatos relativamente isolados ou reunidos em novas centrais longe das maiores e já cooptadas pelo mesmo câncer "identitarista", que leia-se: é Feminista, Racialista, Homossexualista, Transsexualista, Abortista e... na falta de num nome melhor, digamos... "narcotista".

No mais, resta as iniciativas nacionalista e quarto teóricas, sendo as primeiras já se levantando e capturando as atenções populares, porém com enorme precariedade e repleta de charlatões. Trump foi o "melhorzinho" até agora, mas ainda assim uma farsa. Bolsonaro é uma desgraça tão asquerosa que só serve para destruir na base qualquer esperança de nacionalismo real.

Temos na figura de Marine Le Pen, na França, um promessa bem melhor, mas eu duvido que ela consiga tomar o lugar de almofadinhas patifes como Macron, até porque a União Europeia, maior braço explícito do Globalismo, correria riscos sérios.

Emfim, resta a promessa da Quarta Teoria Política, que seria uma transcendência até mesmo das limitações do nacionalismo, já um tanto decrépito, mas recuperando o que há de aproveitável nas tradições ideológicas anteriores.

Mas por enquanto é só uma esperança.

12 de Novembro

E agora descobrem que o apagão no Amapá não foi por causa de um raio coisa nenhuma. Isso foi só uma desculpa para minimizar a responsabilidade. E que a Isolux Corsan já estava quebrada e sendo controlada por fundo de investimento! A vida de brasileiros literalmente entregue ao descaso e irresponsabilidade privatista.

Desconfio que se o leilão da CEB for mesmo realizado, é capaz de ser outro fiasco ainda pior do que último leilão do pré-sal. Quem estaria assim tão ansioso para investir num país de onde os investidores estão fugindo, com esse histórico de desastres privatistas e com um governo completamente insano?

10 de Novembro

Acabo de ouvir na bolsonarista
Jovem Pan(aca) a expressão
"AXIOMA FALSO!"

09 de Novembro

Àqueles que, tal qual eu, adoraram o surpreendentemente excelente O GAMBITO DA RAINHA (que deveria ser "O Gambito da DAMA!") na Netflix, mas lamentaram não conseguir ver direito os jogos que passam muito rápido, o canal do "SeuTubo" XADREZ BRASIL estudou as jogadas, na base de muito 'pause' e 'slow motion', certamente, e tem publicado boas análises que as comparam com as jogos reais que os inspiraram.


08 de Novembro

Glenn Greenwald, em sua excelente entrevista para Mônica Bergamo (links nos comentários), deixa claro que está anos luz da estupidez midiática dominante e sobretudo da tacanhice que acredita em vitória da democracia e "ameaças fascistas", expondo claramente a falência moral dos EUA e sua liberdade farsesca, e deixando claro quem realmente é Joe Biden, sem poupar críticas à Trump também.

É a pá da cal sobre a moralidade do The Intercept, do qual ele foi demitido e saiu brigado, e que já se corrompeu por completo.

07 de Novembro - 20:58

O processo de privatização da Companhia Energética de Brasília (CEB), e da Eletrobrás em geral, não é mera tragédia, mas tragicomédia, anunciada. É como se um dramaturgo divino quisesse entreter uma plateia transcendente hiperbolizando a idiotice de seus personagens.

Sendo considerada uma das melhores companhias de energia do Brasil, a CEB contrasta duramente com a companhia privada que gerencia a energia do estado de Goiás em torno do DF, que por sua vez é um desastre inconteste que tem infernizado a vida de sua população e causado prejuízos à indústria e comércio goianos ao ponto de até mesmo privatistas convictos considerarem a cassação de sua concessão.(outline.com/WnEzsX de Caiado volta a criticar Enel e propõe que EDP assuma concessão em GO (Globo), outline.com/WqUFqj de Enel Goiás é 4ª do País em reclamações comerciais (O Popular), Procon multa Enel em R$10 milhões após reclamações de cobranças abusivas nas contas de luz (Globo).)

Mas adivinhe quem é a mais provável candidata a assumir a CEB no leilão previsto para este mês? Sim! Ela mesma! A ENEL! E as demais não são muito melhores.

Do tipo, você tem uma coisa bem melhor que a coisa do seu vizinho, e então, o que você faz? Joga fora e pega a do seu vizinho!!!

E justo no mês do leilão, um desastre emblemático ocorre no estado do Amapá. A operadora de transmissão Linhas de Macapá - Transmissora de Energia, deixa a maior parte do estado em total blecaute há 5 dias! E quem é que está lá resolvendo o problema? A Eletrobrás! Visto que a empresa privada Isolux, que opera a concessão, simplesmente não tem capacidade para arcar com as consequências de seu próprio problema operacional, deixando a Companhia de Energia do Amapá sem ter o que distribuir para sua população, uma vez que nem ela nem qualquer empresa pública tem controle direto das linhas de transmissão. Empresa esta, a Isolux Corsan espanhola, que também gerou problemas no Quênia, África, que tiveram que ser resolvidos por uma empresa chinesa, e deu problema em Indiana - EUA (Amapá: Eletricitários cobram da Aneel e governo aponta responsabilidades, ou outline.com/9BPWe7), onde, vale lembrar, a maior parte dos sistema elétrico é estatal, porque eles não são otários!

Ainda assim, a privatização da CEB e da Eletrobrás segue a todo vapor, num golpe de ironia quase suprema, fazendo o absoluto contrário do que os fatos concretos, evidentes, e trágicos, estão forçosamente recomendando.

É como a exploração irônica da mera loucura que age de forma contrária nas situações mais evidentes. Tal qual o louco que vê um incêndio e fica jogando gasolina, ou alguém que teve a roupa molhada por um respingo d'água, e para secá-la, joga um balde de água inteiro!

Mas essa loucura, se desperta riso ou revolta de pessoas normais, de certo não incomoda quem está ganhando com ela, como alguém que venda a gasolina ou a água para os loucos da comédia acima descrita.

E como são esses beneficiários que estão de fato no poder econômico por cima da corja política que está sendo bem paga para esse serviço sujo, não são eles o objeto do ridículo.

Esse somos nós, a sociedade falida, desmoralizada e insana que decidiu, ou permitiu, a auto destruição perpetrada desde que o mundo acabou em 2012.

07 de Novembro - 13:42

A "ESQUERDA" BRASILEIRA JÁ ERA! Está condenada à completa subserviência ao Capital!

Em 3 de Novembro o Senado aprovou a "Autonomia do Banco Central", leia-se, a entrega definitiva do sistema econômico brasileiro para o capital especulativo, e o que as frentes de esquerda fizeram?

NEM TOCARAM NO ASSUNTO! Porque no mesmíssimo dia, o THE INTERCEPT decidiu promover uma das mais baixas fraudes já perpetradas pelo jornalismo brasileiro, consumando uma degeneração progressiva já antiga deste portal, não sendo a toa que Gleen Greenwald teve que sair do mesmo jornal que fundou por impossibilidade de continuar trabalhando.

A jornalista Schirlei Alves publicou às 2:00 da madrugada uma matéria que distorceu total e completamente o ocorrido na tal audiência de Mariana Ferrer e conseguiu emplacar uma narrativa feminista fraudulenta*2 que imediatamente colocou a lacrosfera em polvorosa absoluta e não se falou de outra coisa. Apenas quase 20 horas depois se retratou admitindo que em momento algum se falou em "estupro culposo", e só no dia seguinte publicando o trecho da decisão onde, sem surpresa, não se vê nada que suporte a tal interpretação, dando uma desculpa esfarrapada.

Em suma, durante todo o dia 3, num timing perfeito, todas as atenções foram monopolizadas por uma fraude indecorosa, parcialmente atenuada apenas às 21 horas, quando já era tarde demais e o Senado já aprovara a autonomia do BC.

Agora, com a liberação do vídeo completo da audiência, quem quer que se dê ao trabalho de assistir e tenha um mínimo de decência tem que admitir que a realidade está longe daquilo que a maioria acreditou. Não que a mim tenha surpreendido*1. E não vou entrar no mérito da questão, o professor Régis Antônio Coimbra já fez uma compilação de elementos do vídeo em questão, obtidas por outros internautas, que ajuda quem não tenha tempo de assistir na íntegra às 3 horas de duração. Veja em Gaslighting de quem?

Enquanto isso, somente uns poucos oposicionistas, e os mesmos de sempre, estiveram atentos ao golpe praticado contra ao sistema econômico brasileiro, a exemplo de Roberto Requião, que atento a todos os fatos, falou em "estupro doloso contra a soberania nacional" em seu Twitter , e posteriormente publicou um brevíssimo vídeo explicando o assunto em "SeuTubo" onde não poupa nem a participação do PT. Bem como Ciro Gomes, que no mesmo dia 3 veiculou o vídeo Ciro Gomes é contra a autonomia do Banco Central!

Pra isso serve o Feminismo, substituir o foco da urgente pauta econômica por fraudes midiáticas e intelectuais.

1. Não me surpreende devido a minha experiência no assunto, explicada no começo do texto em 29/04/16 e desenvolvida em detalhes quando examino o caso do estupro coletivo dos 33 ou o caso ainda mais emblemático ocorrido em Júlio Castilhos-RS relatado em Feminismo Desvirtuando Instituições , modéstia à parte, não há na web em português análise mais criteriosa desse caso do que a minha.

2. Com o perdão do pleonasmo.

Outubro de 2020











































2020

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2019

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2018

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2017

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2016

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2015

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2014

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2013

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Março à Junho

Fevereiro

Janeiro

2012

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Fevereiro

Janeiro

2011

Novembro e Dezembro

Setembro e Outubro

Julho e Agosto

Abril a Junho

Março

Fevereiro

Janeiro

2010

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Janeiro a Março

2009

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Março e Abril

Fevereiro

Janeiro

2008

Novembro e Dezembro

Outubro

Setembro

Agosto

Julho

Junho

Maio

Abril

Março

Janeiro e Fevereiro

2007

Dezembro

Novembro

Setembro e Outubro

Julho e Agosto

Maio e Junho

Março e Abril

Janeiro e Fevereiro

2006

Outubro, Novembro e Dezembro

Setembro

Agosto

Julho

Maio e Junho

Abril

Março

Janeiro e Fevereiro

2005

Novembro e Dezembro

Setembro e Outubro

Junho a Agosto

Maio

Março e Abril

Fevereiro

Janeiro

2004

Dezembro

Novembro

Outubro

Setembro

Agosto