O Feminismo Desvirtuando as Instituições
22/09/2016
Os Titereiros do Capital e suas Marionetes de Esquerda
24/08/2016
A Guerra Contra a Reprodução
03/08/2016
A Família em Desconstrução Linguística
22/07/2016
Muita Sandice numa Burrice Só
18/07/2016
As Águas Sujas da Privatização
30/06/2016
Do Pré-Sal ao Impeachment
O Maravilhoso Mundo das Coincidências Fabulosas

28/06/2016
OBLIVION
Obra-Prima da FC

18/06/2016
O Estupro Coletivo da Consciência Social
14/06/2016
Os 300 da Suécia
26/05/2016
À Espera de
Um Milagre
(econômico)

21/05/2016
5 Bobagens Planetárias da FC
26/11/2015
Sensual Kombat
08/11/15
TELLUS
X
THALASSA

15/07/15
QUARTO Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
28/06/15
A Verdade Sobre Margareth Sanger
Ela NÃO Era Abortista!

28/06/15
A Dignidade Humana Entre A Esquerda e A Direita
19/06/15
Pode o Feminismo Não Ser Misândrico?
09/06/15
Mad Max
Fury Feminist?

28/05/15
Batalhas Espaciais II
26/04/15 ABORTISMO
05/03/15
Aborto à Francesa
05/03/15
A Queda da Lua
23/02/15
Histórico de Textos Publicados

A

Q
U
E
D
A

D
A

L
U
A
2 0 1 6
17 de Setembro

Egito – O outro lado da moeda: o papel dos homens na sociedade

15 de Setembro

Homem quer criar país exclusivo para gays onde héteros precisam de visto especial

O título é enganoso e tem muita gente sacaneando, mas eu acho uma boa idéia. Poderia ser usado como asilo para homossexuais refugiados de países islâmicos, por exemplo, pressionando estes a apenas exilá-los invés de matá-los. E serviria como excelente laboratório social voluntário.

A maioria dos problemas e excessos da Ideologia de Gênero e militância LGBTT tenderia a ser neutralizada pela realidade biológica e econômica, que falaria muito mais alto uma vez que não haveria um predominante suporte estrutural tradicional para sustentá-la enquanto é difamado e odiado.

E por fim, provavelmente seria uma experiência de alto valor informativo.

Mas é claro. Tem-se que assumir o risco de tudo dar errado, e ter a decência de reconhecer o erro e tentar corrigí-lo invés de simplesmente jogar a culpa na "opressão patriarcal heteronormativa" e continuar vivendo de ilusões.

13 de Setembro

Relembrando o que eu disse há mais de 1 ano e meio, Eduardo Cunha foi eleito pela população carioca devido a suas pautas Conservadoras morais, mas foi usado pelo poder econômico para defender a pauta Liberal.

E agora que já prestou o serviço sujo ao poder econômico, é descartado junto com as pautas populares que realmente o elegeram.

12 de Setembro

Essa entrevista é de ainda antes de Clinton vencer as primárias contra Sanders, mas é excelente para se ter uma idéia do tamanho da encrenca. Por que Hillary Clinton é bem pior que Trump?

11 de Setembro

Ovelhas, Lobos e Cães Pastores. Ainda que simplista é uma boa analogia. Só acho que exagera na quantidade de 'cães-pastores', que não creio sejam tão pouco quanto ele sugere. E além dessas figuras, bom lembrar que temos também as 'ovelhas negras' e os 'lobos em pele de cordeiro'.

10 de Setembro

Passei 15 anos na iniciativa privada nas áreas de multimídia, computação gráfica e edição de vídeo. Perdi a conta das vezes que trabalhei muito mais que 12 horas, às vezes virando noite em geral em trabalhos para TV, que são bem mais desgastantes), sem nunca receber hora extra alguma. No máximo alguma compensação de hora. Quando era jovem eu não me importava. Havia até um certo orgulho além da camaradagem com os colegas de trabalho.

Mas depois que você se casa e tem filhos, sua vida pessoal passa a ter uma importância muito mais séria, e poucas coisas me marcaram mais do que perder uma apresentação das minhas filhas num fim de semana. É justo nessa fase, que você precisa de mais tempo e mais dinheiro, que vem o verdadeiro perigo, pois aumenta enormemente a possibilidade de ser demitido. Passei mais de 6 meses desempregado justo quando tinha duas filhas numa escola particular e não tinha mais a menor condição de ficar à disposição da empresa 24 horas.

Depois consegui um emprego com "negociação flexibilizada", leia-se, sem direito a 13º ou qualquer outro benefício, o que numa situação de desemprego com as contas se acumulando, você não "escolhe" aceitar, você TEM QUE ACEITAR! Por sorte, o sindicato da categoria interviu e obrigou a pagar tudo.

Cheguei no topo dessa carreira aqui em Brasília. Para conseguir ganhar mais numa época que já trabalhava 50 horas semanais, só indo pra outro país ou passando num concurso público. E é certo quando se diz que a tendência é você virar uma "empresa", a "empresa" Marcus Valerio XR, durante o tempo que fiquei desempregado, produziu para o SEBRAE o vídeo 5 Menos que são Mais fazendo o roteiro, computação gráfica 3D, trilha sonora e subcontratando ilustração 2D, locução e tradução (foi traduzido para Inglês e Espanhol) por conta própria. Ao todo movimentei uns R$ 12 mil reais, em 2003, dos quais embolsei metade. (Só a empresa na qual descarreguei o vídeo pra DVD e pela qual tive que usar o CNPJ pra conseguir receber do SEBRAE embolsou, na trairagem, mais de Mil por disponibilizar por 45 minutos um equipamento que eu mesmo operei.)

Hoje trabalho em plantões de 12 horas por dias, no esquema 12x24x12x72, na empresa pública de produção de água do DF e não tenho a menor intenção de sair. Embora o salário esteja longe de ser grande coisa, as condições são muito boas. Entro às 07:00 e saio às 19:00, 24 horas depois entro às 19:00 e saio as 07:00 do dia seguinte, e então 3 dias depois começa tudo de novo, ignorando por completo fins de semana e feriados, que por sinal são bem melhores de trabalhar pois tem bem menos apurinhação e ainda tem um adicional. Já trabalhei em dois Reveillons, por sinal.

Nesse esquema, que é trabalho de base e de primeira necessidade, pois se eu faltar corre o risco de faltar água no bairro onde moro, tenho direito a dois dias inteiramente livres a cada 5, pois num deles durmo das 08:00 às 15:00, quando consigo, o que me permitiu acompanhar muito de perto a infância dos meus filhos mais novos. E dependendo da semana perfaço 41 horas trabalhadas. A diretoria da empresa, privatista até o talo, é doida para implementar o 12x24x12x48, sem qualquer aumento, claro, e promovendo demissão. Só não o faz porque além da resistência do sindicato, do qual faço parte, estouraria o limite de 44 horas semanais.

E daí você começa a entender porque eu, e milhões de outros trabalhadores, não gostam nem um pouco dessas propostas do governo que vem jogar nas nossas costas o custo da recessão enquanto isenta por completo o alto empresariado e o sistema bancário.

9 de Setembro

DENTRO TEMER!

Por menos que gostasse do governo Dilma, eu jamais defenderia sua saída da presidência, e sempre fui hostil ao "golpe" midiático e parlamentar que acabamos de vivenciar. E se quem votou em Dilma também votou em Temer, e quem gritou "Fora Dilma" também deveria gritar "Fora Temer", por coerência eu prefiro que Michel Temer permaneça no cargo que acabou de assumir da mesma forma que Dilma deveria ter sido mantida no cargo em que se elegeu.

1º Tirar Temer nada mudaria. Se a saída de Dilma representou uma ruptura radical no programa de governo, a saída de Temer, por outro lado, não faria diferença alguma. Quem assumiria seria Rodrigo Maia, do DEMo, que de certo apoia integralmente todas as propostas liberais que já estão colocadas.

2º Alguém tem que assumir a responsabilidade. Deveria ter sido de Dilma a obrigação de consertar os estragos na economia, mas agora, deve ser de Temer. Se Temer for removido, ninguém assumirá o ônus de coisa alguma. Rodrigo Maia seria só mais um para tirar o corpo fora, isso se ainda não colocássemos Renan Calheiros na presidência.

3º Não há condição para aplicar à Temer o mesmo tratamento aplicado à Dilma. A mídia teve um papel notório na deposição da presidente que não está disposta a ter no caso do novo presidente, pois o programa de governo é de seu interesse. Os movimentos coxinhas mercenários que se fingem de populares enquanto são pagos por elites, incluindo norte americanas, e partidos de oposição, também não irão se dispor, muito menos os parlamentares que corroboraram a fraude do julgamento das pedaladas fiscais, e por fim e mais importante, muitíssimo menos os setores econômicos liberais, especialmente os estrangeiros.

4º Ainda que movimentos sociais legítimos se mobilizem, serão contaminados por movimentos fisiológicos partidários do governo deposto que tem interesses políticos e ideológicos bem diversos dos interesses econômicos populares que estão ameaçados. E de qualquer modo enfrentarão um aparato repressor policial e jurídico severo que foi lindamente brando e amigável com as manifestações golpistas. E caso a luta se acirre, é inevitável o recrudescimento do regime até o ponto de um efetivo Golpe Militar, em perfeito paralelo com o que de fato ocorreu em 1964, cujo golpe também começou na esfera cível.

A solução ideal seria a antecipação das eleições, mas as forças golpistas sabem muito bem que Lula ganharia, e estão empenhados demais em tirá-lo do jogo para correr esse risco, não havendo possibilidade de realizar esse pleito precoce por inviabilidade política, se não jurídica ou mesmo econômica a julgar pela falta de recursos segundo o TSE.

Com tudo isso, que Temer fique para assumir o ônus de seu governo até o fim. Que o PMDB chegue a 2018 como o ator do que venha a acontecer com o país e que as forças golpistas sejam reconhecidas como as responsáveis pelo quase certo desastre que promete nos atingir.

O sistema econômico é, NECESSARIAMENTE, cíclico. Ele alterna fases inevitáveis de crescimento, estabilidade, recessão e recuperação. O que muda entre os sistemas mais desenvolvidos e eficientes é modo como tais ciclos são vividos.

O que temos hoje é resultado inevitável do ciclo, visto que é impossível manter crescimento, de qualquer tipo, perpétuo, pois em algum momento ele terá que parar e reverter. No sistema Capitalista isso ocorre devido à superprodução atingida após o crescimento se esgotar entrando em inevitável recessão, mas o modo como essa recessão acontece muda. E em 2008 ficou evidente que a resistência e recuperação do Brasil melhorou em relação aos ciclos anteriores.

O provável desastre a que me refiro é que invés de fazer TODA a sociedade enfrentar a recessão cíclica como deveria ser, o projeto do governo Temer é o de sempre quando parte das elites financeiras, jogar TODA A CONTA nas costas dos trabalhadores e escaparem ilesos, se não com vantagem, do ciclo de recessão.

Ora, a recuperação econômica pressupõe uma inevitável retração do consumo, que deveria então afetar também os grandes empresários e os bancos, diminuindo seu lucros a ativos, talvez até passivos. Mas estes sempre querem promover demissões e achatamento de salários para manterem-se intocados, e é para isso que este governo aí está.

8 de Setembro, 16:58

New Zealand needs migrant workers to make up for locals who are lazy or on drugs, prime ministers says Quem poderá intervir?

Muçulmanos! Próxima parada: Nova Zelândia.

E eu acho é bom! Pra quem não sabe, neozelandeses são os maiores consumidores de maconha dos países com maior IDH.

8 de Setembro, 16:28

Para me lembrar de estudar esse assunto depois.



6 de Setembro

Embora esta sonata já tenha mais de 5 anos e já estivesse publicada no meu site, só agora decidi publicá-la no Sound Cloud. Trata-se de uma peça de piano cujo alguns trechos exigiriam ao menos 3 mãos para serem tocadas ao vivo. Dividida em 4 movimentos.

Também disponível PLANETA FANTASMA - Capítulo 6

5 de Setembro, 11:01

Relembrando o ocorrido há exatos 3 anos. Opinião do Clube Militar sobre a retratação da Globo devido a seu apoio ao Golpe de 64 (Só observo que não acredito de forma alguma nesse apoio da "grande maioria da população" ao GOLPE Militar & Civil de 1964, e que chamá-lo de 'revolução' é atestado de miséria intelectual.)

5 de Setembro, 00:47

Artigo bombástico e revelador que demonstra o quanto estamos imersos na dependência "colonial" científica. Escola sem Partido - do que se trata? Parte 5

4 de Setembro, 12:15

Quem sofre uma acusação caluniosa, que processe o caluniador por meios legais. Quando a acusação corresponder a verdade mas for enviesada, que defenda-se apresentando ponto de vista oposto. Quando a acusação além de verdadeira é precisa e objetiva, pode-se exigir maior rigor ou provas, ou na pior da hipóteses admití-la e tentar se redimir.

Mas quando uma acusação é implacavelmente precisa, correspondendo perfeitamente à verdade, cristalinamente demonstrada além de dúvida e ainda por cima causa uma estrago devastador na máscara hipócrita de alguém que não tem meio algum de refutá-la, então só resta um último recurso possível. Tentar fazer com que ela seja completamente ignorada e silenciar absolutamente sobre o assunto.

Foi assim que o livro A PRIVATARIA TUCANA, de Amaury Ribeiro Jr, lançado em 2011 foi recebido pela quase totalidade do PSDB, da Grande Mídia, dos empresários e banqueiros envolvidos e pelos privateiros em geral. (O único tucano que parece ter gostado foi o Aécio, como seu próprio sorrisinho malicioso mostrado no vídeo sugere, uma vez que o livro em parte surgiu de uma abordagem que veio a seu favor contra Serra.)

ABSOLUTAMENTE NENHUMA TENTATIVA DE REBATÊ-LO! Sequer uma nota de pé de página na Veja ou na Época, nem mesmo um segundo de pio na Globo, omissão absoluta do PSDB e no máximo alguns processos dos devidamente citados contra a editora e o autor em sua maioria já derrubados. Toda a resposta de José Serra, o principal acusado, se resumiu a "Lixo!" e a exceção de sua filha, Verônica Serra, que publicou uma ridícula choradeira de poucas linhas num obscuro blog alegando ter "provas" que jamais se deu ao trabalho de sugerir onde poderiam estar, nenhum dos acusados jamais se manifestou publicamente para se defender das evidências demonstradas no livro, que são quase que integralmente documentos oficiais de instâncias policiais e jurídicas.

Concentrando-se exclusivamente nos casos concretos ocorridos no Brasil (que até o Rodrigo Constantino admite como problemáticas) e sem uma opinião ideológica sobre as privatizações em si, o livro traz um montante espantoso de incontestáveis evidências. Mas não houve sequer uma CPI, e o silêncio midiático retumbante não precisou nem se constranger em omitir qualquer investigação de larga escala, pois não houve nenhuma. Os processos citados estão todos andando a passo de tartaruga num judiciário corrupto e sem pressão alguma da sociedade, paralática, cega e surda pela letargia da mídia que determina seu ritmo e visão de mundo, quanto menos teremos um juiz "heróico" disposto a acabar com a corrupção apesar desta ter sido, esta sim, A MAIOR DE TODOS OS TEMPOS, desviando, NO MÍNIMO, 100 Bilhões dos cofres públicos para dar de graça para o setor privado nossas empresas estatais.

A melhor coisa que um privateiro, tucanista ou liberalóide enveterado deve fazer é mesmo manter a máxima distância do livro. Até pelo simples fato da impossibilidade material de refutá-lo. Só a ignorância resultante da covardia em confrontar os fatos garante a "consciência tranquila" de quem até hoje apoia o projeto privatista dos tempos de FHC.



4 de Setembro, 10:59

Um Rothschild disse: "El mundo vive el mayor experimento de política monetaria de la historia". Ele só esqueceu de avisar que esses experimentos estão sendo feitos com 7 bilhões de cobaias humanas que correm um grande risco de passar fome enquanto os "isentos" examinadores irão no máximo ter que aguentar um ou outro aborrecimento quando suas previsões e teses não forem acertadas.

3 de Setembro, 19:54

Essa, se já é pra causar uma sobrecarga neural até em quem vem estudando esse maldito assunto há anos, deveria soar absolutamente surreal ao público desavisado ou talvez, até mesmo pela profundidade da bizarrice, passar desapercebida.

Um grupo de 8 moças alemãs recebeu "SIMULADORES DE BEBÊS" para treinamento para maternidade. Sim! Você entendeu! Como "simuladores de bebês", entenda-se, bonecos um tanto mais sofisticados que aqueles que as meninas pequenas brincam, só que para garotas de 15 a 17 anos. O texto original está num artigo em alemão So jung und schon Mama?, mas há uma tradução em inglês num blog conservador German girls being conditioned to be mothers with black baby simulator doll

Ok. Se isso já é um tanto estranho ainda mais num país notório pela crítica aos "papéis de gênero" que condena até mesmo o simples fato de meninas brincarem de bonecas (afinal essa é um das terríveis opressões patriarcais para fazer desde a mais tenra idade a "lavagem cerebral" que condiciona mulheres a fazer exatamente aquilo que a natureza lhes dotou biologicamente), ainda mais estranho é que todos os bebês artificiais são negros, apesar de todas as moças serem brancas!

Sem querer levantar a estranheza da ideia de apelar a simulacros num mundo onde está repleto de oportunidades de criar bebês reais, tanto os próprios quanto os de mulheres que precisem de babás, houve tanto os que interpretaram como um incentivo à maternidade, como um incentivo à miscigenação (bem como piadas de mal gosto de que seria para se acostumar com as futuras proles de imigrantes) ou como um incentivo a prolongamento da infância. E em defesa dos que vivem dizendo que o Feminismo é uma ideologia anti reprodutiva, um esperto comentarista linkou uma pesquisa de que iniciativas desse tipo pretendem desencorajar, e não incentivar, a maternidade, embora tenham efeito contrário.

Ainda estou pesquisando o assunto. Mas aviso que daí pra frente a "estranhice" só aumenta.

Esse artigo explica melhor a questão da controvérsia sobre o uso de Doll Simulators como forma de desencorajar a maternidade precoce. Robot babies may increase teen pregnancy, not reduce it, study finds OBS: aliás eu acabei dizendo acidentalmente o inverso no post. Mas já corrigi.

3 de Setembro, 13:28

Exatos 3 anos entre um manifesto de arrependimento fajuto sobre o Golpe Militar de 64, e a consumação final do Golpe Midiático Político. O que leva diretamente a este interessante texto: Globo ameaça próximos presidentes no seu editorial pós-golpe.


Agosto de 2016
Julho de 2016
Junho de 2016
Maio de 2016
Abril de 2016
Março de 2016
Fevereiro de 2016
Janeiro de 2016

D E Z E M B R O de 2 0 1 5
Novembro de 2015
Outubro de 2015
Setembro de 2015
Agosto de 2015
Julho de 2015
Junho de 2015
Maio de 2015
Abril de 2015
Março de 2015
Fevereiro de 2015
Janeiro de 2015

D E Z E M B R O de 2 0 1 4
Novembro de 2014
Outubro de 2014
Setembro de 2014
Agosto de 2014
Julho de 2014
Junho de 2014
Maio de 2014
Abril de 2014
Março de 2014
Fevereiro de 2014
Janeiro de 2014

D E Z E M B R O de 2 0 1 3
Novembro de 2013
Outubro de 2013
Setembro de 2013
Agosto de 2013
Julho de 2013
MARÇO À Junho de 2013
Fevereiro de 2013
Janeiro de 2013

D E Z E M B R O de 2 0 1 2
Novembro de 2012
Outubro de 2012
Setembro de 2012
Agosto de 2012
Julho de 2012
Junho de 2012
Maio de 2012
Abril de 2012
Março de 2012
Fevereiro de 2012
Janeiro de 2012

N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 1 1
Setembro e Outubro de 2011
Julho e Agosto de 2011
Abril a Junho de 2011
Março de 2011
Fevereiro de 2011
Janeiro de 2011

D E Z E M B R O de 2 0 1 0
Novembro de 2010
Outubro de 2010
Setembro de 2010
Agosto de 2010
Julho de 2010
Junho de 2010
Maio de 2010
Abril de 2010
Janeiro a Março de 2010

D E Z E M B R O de 2 0 0 9
Novembro de 2009
Outubro de 2009
Setembro de 2009
Agosto de 2009
Julho de 2009
Junho de 2009
Maio de 2009
Março e Abril de 2009
Fevereiro de 2009
Janeiro de 2009

N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 0 8
Outubro de 2008
Setembro de 2008
Agosto de 2008
Julho de 2008
Junho de 2008
Maio de 2008
Abril de 2008
Março de 2008
Janeiro e Fevereiro de 2008

D E Z E M B R O de 2 0 0 7
Novembro de 2007
Setembro e Outubro de 2007
Julho e Agosto de 2007
Maio e Junho de 2007
Março e Abril de 2007
Janeiro e Fevereiro de 2007

O U T U B R O, N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 0 6
Setembro de 2006
Agosto de 2006
Julho de 2006
Maio e Junho de 2006
Abril de 2006
Março de 2006
Janeiro e Fevereiro de 2006

N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 0 5
Setembro e Outubro de 2005
Junho a Agosto de 2005
Maio de 2005
Março e Abril de 2005
Fevereiro de 2005
Janeiro de 2005

D E Z E M B R O de 2 0 0 4
Novembro de 2004
Outubro de 2004
Setembro de 2004
Agosto de 2004