2 0 2 0
30 de Outubro

Um dos motivos que me levaram a quase silenciar no Facebook (não no meu canal no "seutubo") é ter ficado chocado com o nível de imbecilidade da discussão desencadeada pela publicação da pesquisa de mapeamento genético da população brasileira. Aquela que deixou claro em dados o que já se sabia: que a participação europeia na miscigenação brasileira é majoritariamente masculina, ao passo que pelo lado feminino e majoritariamente indígena e negra.

O próprio Átila Iamarino contribuiu inadvertidamente para a confusão, visto que apontou o fato óbvio da violência ter sido um motivo para a redução dramática da população indígena brasileira, mas prestando um desserviço por, para quem tem se evidenciado como divulgador científico, não ter sido mais preciso em sua declaração.

Daí, foi como se feministas e antifeministas decidissem se lançar numa disputa de burrice, com vitória evidente para as primeiras, mas menções honrosas para os segundos também.

Do lado feminista, claro, tudo foi estupro! O que em nada me surpreende ou sequer choca, afinal, pra qualquer feminista que se preze, toda relação heterossexual só não é estupro se a mulher registrar em cartório um termo de consentimento que deve ser reiterado a cada 5 segundos com um claro 'sim' (que nem no pornô americano). Mais me incomoda são cientistas que até já estiveram comigo na defesa do evolucionismo, corroborando esquizofrenias desse tipo.

Do lado oposto, conservadores apontaram a multi fatoralidade da formação étnica brasileira, com fontes antropológicas e conceitos como concubinato, cunhadismo, amasiamento, poligamia e várias outras formas de relação afetiva e sexual que um ambiente moralmente desregulado como o Brasil colonial oferecia. Há inúmeros registros e tratados históricos sobre a dinâmica de relacionamento entre os colonizadores europeus e os índios, ou mais precisamente, as índias, que evidentemente, jamais tiveram as afetações puritanas vitorianas e muito menos feministas.

E desse lado, há a vantagem de deixar claro que também houve estupro, mas que o mesmo não pode ser considerado como o fator principal de miscigenação, ao passo que por outro lado, é fácil ver feministas menosprezarem em absoluto todos os outros fatores e reduzirem tudo a estupro. Afinal, em sua mentalidade, às índias eram apenas escravas sem nenhum impulso sexual sendo negociadas como objetos pelo maléfico patriarcado.

Mas o problema nem está aí, que por enquanto não passa de visões divergentes sobre um mesmo fato. O problema está na absoluta cegueira perante o fato em si! Poucos parecerem se dar conta da obviedade: COMO RAIOS HAVERIA MAIOR PARTICIPAÇÃO GENÉTICA FEMININA EUROPÉIA SE NÃO HAVIA MULHERES EUROPÉIAS ? ! ? ! Pelo amor das deusas!?

Quando as primeiras mulheres brancas começaram a chegar no Brasil, a conta gotas, milhares de colonos europeus já haviam desembarcado aqui já tendo gerado milhares de descendentes. Na verdade, só começou a haver um tráfego de mulheres mais ou menos paritário em meados do Século XVII, quando os mestiços de brancos com índias já estavam na quarta ou quinta geração! E obviamente, européias não seriam emergencialmente trazidas ao Brasil para suprir uma enorme carência de cobiçadíssimas mulheres brancas, para chegar aqui e ficar com índios, não é mesmo?! (Até já publiquei um texto sobre isso em 04/05/2014)

Independente dos colonizadores terem sido estupradores, adoráveis sedutores, maridos responsáveis ou terem sido vítimas de um "reverse gang rape" de amazonas Icamiabas, é absolutamente impossível que o legado genético europeu não fosse muitíssimo maior pelo cromossomo Y que pelo DNA Mitocondrial! Essa discussão é absolutamente inútil!

A herança genética feminina africana não difere muito, uma vez que o tráfico negreiro também é tardio, e demorou para que os homens de origem africana começassem a deixar sua herança genética. Já a herança feminina rivaliza com a indígena pela massiva introdução da população negra enquanto a indígena decaía. É óbvio que a assimetria de poder entre senhores e escravos jamais poderia resultar noutra coisa que brancos tendo muitos filhos com negras e praticamente nunca o contrário. Mas isso não pode ser justificativa para não se ver outras obviedades.

Sendo mais materialmente desenvolvidos, os europeus tinham taxas de mortalidade intrínsecas menores entre si, e assim seus filhos, mesmo os mestiços, vingavam muito mais que os índios e negros puros. Até hoje é assim. Isso também é determinante no próprio declínio da população indígena, que vale lembrar, vivia em estado de guerra constante entre si.

As população nativas puras brasileiras foram desaparecendo também, e ainda mais, não por apenas extermínio, mas pelo próprio processo miscigenatório. Durante séculos era muito mais vantajoso ser mameluco que índio (processo de branqueamento), e por dinâmica evolutiva de populações não se poderia esperar outra coisa que o crescimento maior das mais associadas aos colonizadores.

A violência do processo de invasão colonizatória seguramente explica grande parte da superação da população nativa pela invasora, mas meus pêsames para quem não vê diferença do que ocorreu no Brasil para o extermínio inacreditável que ocorreu na Argentina. Infelizmente, parece que a insanidade de que miscigenação seja genocídio deixou de ser exclusiva de neonazistas.

Ademais, qualquer crença bizarra de que a discrepância entre o patrimônio genético Y e o Mitocondrial só possa ser explicada pela violência, cai por terra quando se analisa no mesmíssimo gráfico a comparação da população euroasiática, onde a herança feminina é quase o triplo da masculina. O que isso significa então? Que as chinesas e indianas saíram estuprando homens por aí!? Ou que os indianos ou chineses foram sistematicamente exterminados!?

Não sei! A questão é bem mais complexa do que o mero estuprismo jamais poderia sonhar, mas eu arriscaria dizer, por analogia ao fato de que a diversidade do DNA mitocondrial é sempre maior que a do cromossomo Y em qualquer contexto, (especialmente em populações homogêneas, onde se evidencia que a maioria das mulheres que existiram se reproduziram enquanto a maioria dos homens não) que mulheres tendo muito mais facilidade em conseguir relacionamentos fora do seu pool genético original, a simples assimetria da disposição sexual entre os gêneros as favoreceu.

E por fim, mesmo se considerássemos apenas os 0,5% de Y indígena, ainda seriam mais de 1 milhão de descendentes numa população do tamanho do Brasil (basicamente o mesmo tanto da população indígena "pura" atual), lembrando que estima-se que eram 3 milhões quando Pero Vaz de Caminha redigiu sua famosa carta. Se contarmos o DNA mitocondrial são mais de 50 milhões. Fica difícil falar em genocídio quando os descendentes, mesmo miscigenados, são 18 vezes mais numerosos que a população original.

De qualquer modo, não tenho a menor esperança de que o nível do debate a respeito melhore. Parece que quanto mais a Inteligência Artificial evolui, mais aumenta a Burrice Natural, e as redes sociais se tornam cada vez mais antissociais e tóxicas.

Já venho há tempos reduzindo minha participação no Facebook, enquanto aumento no "VocêTubo", a plataforma de vídeo que é bom não dizer o nome por aqui por que os algoritmos do zuck estão decididos a boicotá-la, e, diferente do usuários, estão cada vez mais espertos.

OBS: imagens puramente apelativas!

24 de Outubro

Na verdade, a maioria das frases está mal traduzida, descontextualizada ou ligeiramente distorcida, mas nada muda o fato de que a máscara de virtude de Churchill é uma das piores fraudes da história. Na verdade, ele só parece palatável graças a comparação com Hitler, Mussolini ou Stalin, e mesmo assim na base de muita distorção. Churchill tinha vários traços de perversão psicopática, e até mesmo seus maiores defensores, quando intelectualmente honestos, são obrigados a admitir isso constrangidos, a exemplo deste artigo da BBC, que inclusive contém algumas dessas passagens, e outras muito piores. The 10 greatest controversies of Winston Churchill's career


20 de Outubro

Versão em vídeo da minha música RIGEL - Beta Orionis, um Space Metal a 171 batidas por minuto.

Versão só áudio original. soundcloud.com/marcusvalerioxr/rigel-beta-orionis

19 de Outubro - 19:06

Bolsonaro cada vez mais se aperfeiçoa como um autêntico liberal, para o qual "Livre Mercado" é só na hora de destruir direitos trabalhistas, entregar patrimônio público para especulação financeira, e fingir preocupação com uma suposta futura espionagem chinesa violando nossa privacidade, enquanto aceita lindamente o fato dos EUA fazerem isso factualmente desde sempre. Bolsonaro avalia proibir Huawei na rede 5G do Brasil, diz fonte.

19 de Outubro - 05:08

Raul Tabajara
2 de Outubro

Um grupo de fans desenhou o último capítulo do CAVERNA DO DRAGÂO. Eles pegaram o roteiro do último capítulo (que estava pronto, mas não produziram) e fizeram a animação exatamente como deveria ter sido feita nos anos 80.

(Nota: o roteiro REAL foi criado para ser o último episódio da terceira temporada. Todos os capítulos da terceira temporada estavam escritos, mas não foram produzidos por falta de patrocinador. Nos EUA a série não fez sucesso. O Autor liberou esses roteiros em seu site... CUIDADO, o final verdadeiro NÃO É aquela notícia FALSA, Fakenews que circulou na net sobre os protagonistas estarem todos mortos e o reino do dragão ser um purgatório! Uma série de infanto juvenil dos anos 80 e seu autor jamais permitiriam esse tipo de coisa)

Sobre a produção desse episódio: Pra ficar O MAIS REAL possível, os artistas dessa produção fizeram rotoscopia e recortaram os desenhos de todos os episódios, e então, usaram os desenhos originais no maximo de lugar possível, redesenhando apenas onde não tinha como reaproveitar (Nos anos 80 era comum o próprio estúdio usar essa tecnica, basta lembrar que o Henk sempre puxava o arco da mesma forma, sempre tinha zoom na sheila ficando invisivel, etc)

Um resultado bem interessate e nostalgico! Tem Legenda em Português criada pela comunidade brasileira. Vamos linkar os dubladores brasileiros pra eles contribuirem com essa peça!



13 de Outubro

Texto de uma grande camarada meu do Sindágua-DF, Igor Ponte Aguiar, ao qual fiz apenas algumas modificações e um comentário final. - Marcus Valerio XR ___________________________________________

Se privatizar a CEB, sua conta de Luz vai aumentar!

Seis poderosas empresas — CPFL, Neonergia, Equatorial, Energisa, Enel e EDP — quase todas controladas por capital estrangeiro e com acionistas em comum, querem assumir a privatização da CEB Distribuição, empresa pública responsável por garantir o fornecimento de energia a 1,1 milhão de moradias no DF. Em 2020 a CEB recebeu o Prêmio Aneel de Qualidade, por ser considerada a concessionária mais bem avaliada pelo consumidor na região Centro-Oeste. Para se ter uma ideia da ganância e fome de Lucro dessas Empresas, somente a "CPFL Energia", comandada pela Empresa Estatal Chinesa State Grid, contratou 200 pessoas para avaliar a compra da CEB, patrimônio construído pelo povo de Brasília.

A tarifa de energia aumentou incríveis 550% no Pará, enquanto a inflação variou cerca de 240%, após 20 anos de privatização. A Empresa que atua lá (Equatorial Energia) é uma das interessadas na compra da CEB.

1) CPFL Energia: Empresa controlada pela Estatal chinesa State Grid; atua na Distribuição de energia em 4 estados: São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais (9,6 milhões de clientes em 687 cidades). Alega ter 14% de participação no mercado (2° do país);

2) Neoenergia: é controlada pelo Grupo Espanhol Iberdrola, e tem como acionista o Fundo de Previdência da Empresas Pública PREVI do Banco do Brasil; atua como holding na Distribuição de energia em 5 estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul (Empresa Elektro), Bahia (Coelba), Pernambuco (Celpe) e Rio Grande do Norte (Cosern). Alega atender 34 milhões de pessoas (14 milhões de clientes no Brasil, em 18 estados e 1028 cidades) com distribuição, transmissão, geração etc.

3) Equatorial Energia: Empresa Holding que tem como maiores acionistas um Fundo Estatal do Canadá (Canada Pension Plan), o maior fundo estadunidense e do mundo (BlackRock), o fundo inglês _(Schroder)_, o Banco Opportunity (fundado pelo Banqueiro Daniel Dantas da Operação Satiagraha da PF, que de tão poderoso foi solto e o delegado que o investigou foi demitido), e a Squadra Investimentos (fundado por Guilherme Aché). Atua em 4 estados: Maranhão (Equatorial Maranhão), Pará (Centrais Elétricas do (Celpa), Piauí (Equatorial Energia Piauí) e Alagoas (Equatorial Energia Alagoas). Alega ter 9,6 milhões de clientes na área de distribuição.

4) Energisa: Empresa controlada pelo Grupo Gipar (Família Botelho), tem como acionista o Banco Público BNDES, Empresa Pública Eletrobras, Fundo de Investimento Samambaia (administrado pelo banqueiro Ronaldo Cézar Coelho, alvo recente na Lava Jato por ser tesoureiro do PSDB). Atua na distribuição de energia em 11 estados: Paraíba (Energisa Paraíba e Energisa Borborema), Sergipe (Energisa Sergipe), Minas Gerais (Energisa Minas Gerais), Rio de Janeiro (Energisa Nova Friburgo), Mato Grosso (Energisa Mato Grosso), Mato Grosso do Sul (Energisa Mato Grosso do Sul), Tocantins (Energisa Tocantins), Acre (Energisa Acre), Rondônia (Energisa Rondônia), Paraná e São Paulo (Energisa Sul-Sudeste). Alega ter 7 milhões de clientes (equivalente a 15 milhões de pessoas) em 788 municípios.

5) Enel Brasil: Empresa do Grupo italiano Enel. Após a aquisição da Distribuição de São Paulo (antiga Eletropaulo), em 2018, a empresa se tornou o maior grupo em distribuição de energia do país, e alega atender 17 milhões de consumidores em 511 cidades com distribuição de energia. Atua na distribuidoras de Energia em 4 estados: Rio de Janeiro (Ampla), Ceará (COELCE), São Paulo (Eletropaulo) e Goiás (CELG-D). A Enel do Goiás é a segunda pior distribuidora de eletricidade do Brasil das 29 empresas avaliadas, tendo o Governo falado em reverter a Privatização. Em São Paulo, o Procon aplicou multa de mais de R$ 10 milhões neste ano de 2020 por má prestação de serviço. Tal penalidade, porém, deve impactar pouco numa empresa cuja matriz é cotada em mais de €$ 10 Bilhões (euros), e cujo maior acionista, com quase 1/4 do capital é o governo italiano.

6) EDP Brasil: É uma subsidiária da Empresa Holding portuguesa Energias de Portugal (EDP). Tem como principais acionistas: China Three Gorges (Empresa Estatal de energia da China), Oppidum Capital (holding espanhola), BlackRock (maior fundo de investimentos do mundo) e a Espanhola Iberdrola (que controladora da CPFL Energia). Atua na distribuição de energia em dois estados: São Paulo e Espírito Santo. Alega atender 3,4 milhões de clientes em 106 cidades.

Como observa o camarada Marcus Valerio XR: “temos participação de grandes empresas estatais, desmentindo o mito da superioridade do setor privado, temos vários grupos estrangeiros, o que significa que grande parte dos lucros obtidos com a privatização irá para outros países mais ricos que o Brasil, e das empresas nacionais, várias estão envolvidas com corrupção. Enquanto isso, para a população, resta aumento desmedido de tarifa, do desemprego, da exploração do trabalhador e a piora na qualidade dos serviços.

Esse é a realidade da privatização.”

Igor Pontes Aguiar

Diretor do Sindágua - DF

Outubro de 2020


12 de Outubro

Até tucano tá constrangido com a canalhice privatista.


11 de Outubro

E espero, com esta, apresentar a nona e ÚLTIMA edição de minha lista de países ordenados em número de mortes por COVID-19, por milhão de habitantes, desconsiderando países com menos de um milhão, que venho publicando desde 19 de Abril, com base no Worldometers.

1 - Peru 1004
2 - Bélgica 877
3 - Bolívia 708 (+>8)
4 - BRASIL 705 (+4)
5 - Espanha 704 (-2)
6 - Chile 693 (-1)
7 - Equador 688 (+>4)
8 - EUA 661 (+1)
9 - México 647 (+1)

Como disse na última edição, de 01/09, estamos no Top 5, e aliás, desde Setembro, mas com oscilações, de modo que preferi esperar para que consolidássemos o lastimável posto. E só não acertei tudo porque achei que estaríamos junto com os EUA, que no entanto caiu bastante, ao passo que a Bolívia surpreendeu. Ainda podemos ser novamente passados pela Espanha, mas dificilmente sairemos dos 5 piores países neste ou no próximo mês. Sendo ainda perfeitamente possível que subamos mais. Porém, também duvido que cheguemos ao 1°.

Considerando nossos recursos e estruturas, em termos de gestão da Pandemia, nossa vergonha só não é pior, talvez, que a dos EUA, país ao qual nosso governo se esforça em copiar tudo, mas só e somente só, DE RUIM. Donald Trump pode não ter sido tão estúpido, canalha e genocida quanto Bolsonaro, mas como país os EUA pecam ainda mais por mesmo sendo muito mais avançados científica, tecnológica e economicamente, não terem saúde pública universal e serem um pardieiro de esquizofrênicos, sociopatas, psicopatas e outras disfuncionalidades que devoram metade de seus recursos e virtudes.

É se é altamente provável que teriam sido melhores, especificamente nessa questão da pandemia, com outro governante, no Brasil é infalivelmente certo que seríamos muito melhores sem a besta-fera na presidência e sua corja de facínoras insanos apoiando, aplaudindo, e frequentemente induzindo, cada perversidade.

Não pretendo voltar mais a esse assunto tão cedo, talvez quando a pandemia completar um ano. Foi um assunto cansativo e degradante, detalhadamente desenvolvido nos seguintes links anteriores:

1 de Setembro
16 de Agosto
20 de Julho
21 de Junho
02 de Junho
23 de Maio
10 de Maio
19 de Abril

Além de uma projeção gráfica de 22/08, mas que agora segue atualizada.


10 de Outubro

Nos acostumamos com as mais estranhas situações, mas o som que ouvi por longos minutos entre as 5 e 6 desta manhã bem poderia ser considerado pano de fundo de um filme de horror, com sua cacofonia onde galos e pássaros diversos estranhamente se tornaram coadjuvantes de cigarras mutantes numa "sinfonia" grotesca e ensurdecedora que me lembrou os gritos noturnos da floresta em The Blair Witch Project (1999).

Diferente das cigarras, cidadãs de bem, decentes e de bons costumes que ouvi minha vida inteira, este ano temos uma variação que não respeita mais a noite. Toca estridentemente por mais de hora além do crepúsculo, e antes da aurora inicia sua toada ("trovoada") como se tivesse o propósito de silenciar os galos, legítimos trovadores da manhã, tornados praticamente inaudíveis.

O resultado é simplesmente horrível! Por sorte, dura pouco tempo, com elas, estranhamente, reduzindo suas emissões sonoras assim que o Sol nasce, descendo para os níveis aos quais já estamos acostumados.

Na verdade, conheci realmente o "canto das cigarras" aos 12 anos, em Setembro de 1984, ao me mudar da SQS 415, onde eram ausentes, para a 304, onde eram estridentes. Por muito tempo achei ser algum tipo de máquina que ficava ligada o dia inteiro.

A Super Quadra Sul 304 é muito mais arborizada, e com árvores muito maiores, de modo que meu apartamento na época permitia, de uma vista da janela, a ilusão de ser dentro de uma floresta.

Moro no Lago Sul desde 1988, embora tenha brevemente morado na Asa Norte e no Cruzeiro, e as cigarras aqui sempre me pareceram mais modestas. Até esse catastrófico 2020, pelo menos.

Queiram a deusas que estejam protestando contra o governo, lamuriando a pandemia ou dedicadas a um ritual de invocação de chuvas para nos livrar do clima igualmente horrendo e infernal ao qual Brasília, o DF e planalto central estão sendo submetidos neste autêntico regime de suplício.

8 de Outubro

Até hoje nunca encontrei mais alguém além de mim que saberia de imediato essa resposta. (Claro que muitos poderiam deduzir das opções.) Mas que LASER é uma sigla é algo que descobri numa enciclopédia mirim ainda na infância e até hoje me surpreendo que ninguém mais parece saber.


1 de Outubro

Esse artigo é bom pra lembrar que a massificação de mentiras canalhas (hoje chamadas Fake News) não é novidade. Os EUA, por exemplo, não possuem sistema universal de saúde graças ao anticomunismo, que mentiroso e canalha como sempre, enfiou mas cabeça dos "bolsominions" americanos do pós guerra que saúde pública universal era "um plano pra implantar o comunismo!" Por que os EUA foram a única potência ocidental a rejeitar o sistema de saúde universal após a 2ª Guerra Mundial

Setembro de 2020


Agosto de 2020
Julho de 2020
Junho de 2020
MAIO DE 2020
ABRIL DE 2020
MARÇO DE 2020
FEVEREIRO DE 2020
JANEIRO DE 2020

DEZEMBRO DE 2019
NOVEMBRO DE 2019
OUTUBRO DE 2019
SETEMBRO DE 2019
AGOSTO de 2019
JULHO de 2019
JUNHO de 2019
MAIO DE 2019
ABRIL DE 2019
MARÇO DE 2019
FEVEREIRO DE 2019
JANEIRO DE 2019

DEZEMBRO DE 2018
NOVEMBRO DE 2018
OUTUBRO DE 2018
SETEMBRO DE 2018
AGOSTO DE 2018
JULHO DE 2018
JUNHO DE 2018
MAIO DE 2018
ABRIL DE 2018
MARÇO DE 2018
FEVEREIRO DE 2018
JANEIRO DE 2018

DEZEMBRO DE 2017
NOVEMBRO DE 2017
OUTUBRO DE 2017
SETEMBRO DE 2017
AGOSTO DE 2017
JULHO DE 2017
JUNHO DE 2017
MAIO DE 2017
ABRIL DE 2017
MARÇO DE 2017
FEVEREIRO DE 2017
JANEIRO DE 2017

DEZEMBRO DE 2016
NOVEMBRO DE 2016
OUTUBRO DE 2016
SETEMBRO DE 2016
AGOSTO DE 2016
JULHO DE 2016
JUNHO DE 2016
MAIO DE 2016
ABRIL DE 2016
MARÇO DE 2016
FEVEREIRO DE 2016
JANEIRO DE 2016

DEZEMBRO DE 2015
NOVEMBRO DE 2015
OUTUBRO DE 2015
SETEMBRO DE 2015
AGOSTO DE 2015
JULHO DE 2015
JUNHO DE 2015
MAIO DE 2015
ABRIL DE 2015
MARÇO DE 2015
FEVEREIRO DE 2015
JANEIRO DE 2015

DEZEMBRO DE 2014
NOVEMBRO DE 2014
OUTUBRO DE 2014
SETEMBRO DE 2014
AGOSTO DE 2014
JULHO DE 2014
JUNHO DE 2014
MAIO DE 2014
ABRIL DE 2014
MARÇO DE 2014
FEVEREIRO DE 2014
JANEIRO DE 2014

DEZEMBRO DE 2013
NOVEMBRO DE 2013
OUTUBRO DE 2013
SETEMBRO DE 2013
AGOSTO DE 2013
JULHO DE 2013
MARÇO À JUNHO DE 2013
FEVEREIRO DE 2013
JANEIRO DE 2013

DEZEMBRO DE 2012
NOVEMBRO DE 2012
OUTUBRO DE 2012
SETEMBRO DE 2012
AGOSTO DE 2012
JULHO DE 2012
JUNHO DE 2012
MAIO DE 2012
ABRIL DE 2012
MARÇO DE 2012
FEVEREIRO DE 2012
JANEIRO DE 2012

NOVEMBRO-DEZEMBRO DE 2011
SETEMBRO & OUTUBRO DE 2011
JULHO & AGOSTO DE 2011
ABRIL-JUNHO DE 2011
MARÇO DE 2011
FEVEREIRO DE 2011
JANEIRO DE 2011

DEZEMBRO DE 2010
NOVEMBRO DE 2010
OUTUBRO DE 2010
SETEMBRO DE 2010
AGOSTO DE 2010
JULHO DE 2010
JUNHO DE 2010
MAIO DE 2010
ABRIL DE 2010
JANEIRO A MARÇO DE 2010

2009 DEZEMBRO
2009 NOVEMBRO
2009 OUTUBRO
2009 SETEMBRO
2009 AGOSTO
2009 JUNHO
2009 MAIO
2009 MARÇO & ABRIL
2009 FEVEREIRO
2009 JANEIRO

NOVEMBRO & DEZEMBRO 2008
OUTUBRO 2008
SETEMBRO 2008
AGOSTO 2008
JULHO 2008
JUNHO 2008
MAIO 2008
ABRIL 2008
MARÇO 2008
JANEIRO & FEVEREIRO 2008

2007 DEZEMBRO
2007 NOVEMBRO
2007 OUTUBRO
2007 JULHO & AGOSTO
2007 MAIO & JUNHO
2007 MARÇO & ABRIL
2007 JANEIRO & FEVEREIRO

OUTUBRO a DEZEMBRO 2006
SETEMBRO 2006
AGOSTO 2006
JULHO 2006
MAIO & JUNHO 2006
ABRIL 2006
MARÇO 2006
JANEIRO & FEVEREIRO 2006

2005 NOVEMBRO & DEZEMBRO
2005 SETEMBRO & OUTUBRO
2005 JUNHO a AGOSTO
2005 MAIO 2005
2005 MARÇO & ABRIL
2005 FEVEREIRO
2005 JANEIRO

DEZEMBRO 2004
NOVEMBRO 2004
OUTUBRO 2004
SETEMBRO 2004
AGOSTO 2004